Reencontro com Bali em Jimbaran

 

Depois dum primeiro dia em Bali que não esteve nada à altura das nossas expectativas, foi com alguma ansiedade que nos dirigimos a Jimbaran, a sul de Semyniak, onde nos perguntávamos se a primeira impressão menos boa se iria prolongar ou se Bali iria subir na nossa consideração…

E como um graça divina, que quisesse interceder por Bali aos nossos olhos, as estrelas alinharam-se todas para uma experiência super autêntica que nos fez reencontrar com esta ilha.

Logo à nossa chegada fomos brindados com uma cerimónia no templo local, em que todos os habitantes de Jimbaran, uma pequena localidade de pescadores na sua essência, vestidos a rigor com os seus trajes tradicionais, vinham ao templo ao longo do dia com cestos de flores e fruta, como oferenda aos Deuses. Ao fim do dia uma enorme multidão reuniu-se para ver as tradicionais danças balinesas!

 

IMG_7407

IMG_7510

Ok, as coisas começavam muito bem! Depois veio a  praia. Não poderia ser mais diferente da de Semyniak. De areia branca e não cinzenta, para além de bastante limpa, a praia de Jimbaran é uma praia de pescadores, onde os barcos de pesca se alinham ao longo da praia e podemos ver os barcos a chegar e a retirar o peixe.

 

IMG_7511

IMG_7345

 

Peixe este que podemos comer grelhado, num dos restaurantes muito simples, com as mesas de plastico postas no areal, por cerca de 1 euro o kilo! Estes restaurantes em Jimbaran são muito conhecidos, e um dos melhores sítios em Bali para comer peixe grelhado!

IMG_7513

 

Para finalizar esta experiência super autêntica tivémos a oportunidade de ver um espectáculo bárbaro local, lutas de galos, por pura sorte, já que apesar de ser ilegal, é tolerado no âmbito das cerimónias religiosas.  Tenho que admitir que apesar de ter achado a experiência super autêntica, com todos os rituais de analisar os galos, prepará-los para o combate (atando uma lâmina numa das patas, para tornar o ataque realmente mortífero), discutir os prémios e probabilidades ganhadores para os apostadores e ver todos  os homens da aldeia se reuniram para apostar, é algo que não tenho vontade de rever, tal é brutal e cruel para os animais.

 

IMG_7509

 

 

E foi assim que ao segundo dia nos reencontrámos com Bali, saindo da zona hiper turística de Kuta e interagindo com simpáticos balineses em Jimbaran, testemunhando de perto alguns dos seus rituais mais típicos! Adorámos e ficámos com vontade de mais!

 

Para quem venha a Bali, Jinbaram deverá ser uma primeira paragem para quem venha a Bukit, a península do sul de Bali. Com uma praia muito melhor que as praias mais a norte, bons restaurantes de peixe e um meio muito mais pequeno e tradicional, a experiência é super autêntica. Por outro lado é suficientemente perto de Kuta e Semyniak para apanhar um taxi e ir visitar esta parte mais turística para quem tiver interessado em mais variedade de restaurantes, bares ou lojas.

 

Onde ficámos em Jimbaran:

 

Parte da nosso reencontro com Bali deveu-se ao hotel onde ficámos. O Open House Bali, um hotel de 4 Estrelas que ambiciona prestar um serviço de cinco, é uma atração em si e motivo suficiente para ficar em Jimbaran. Este hotel boutique, com um design super agradável, é a obra prima do hoteleiro espanhol, José António, que depois duma vida a trabalhar com hotéis de topo, decidiu lançar o seu próprio projecto. Podem imaginar que pôs toda a sua experiência e paixão neste projecto e criou uma pequena cantino de paraíso onde não nos sentimos em casa, mas num sítio ainda mais agradável e bem decorado! A piscina, com um fundo em xadrez, e a área de lounge ao fundo são o coração desta propriedade e ao chegarmos a primeira coisa que pensamos é: quero ficar aqui mais tempo! E obviamente, todo o staff está à altura do espaço, com sorrisos e hospitalidade sendo uma constante que ainda nos faz sentir ainda mais bem vindos. A par do hotel em Angkor Wat, este hotel foi dos melhores onde já ficámos na nossa viagem!

 

IMG_7404

IMG_7520

 

IMG_7521

 

IMG_7405

 

IMG_7383

 

 

***********************************

Gostaste deste artigo? Ajuda-nosa divulgar o 125Azul partilhando o artigo nas tuas redes sociais!

Já nos segues no Facebook, para seguires passo a passo a nossa volta ao mundo? Se ainda não, clica aqui!

Já nos segues no Instagram, para veres as nossas melhores fotos?  Se ainda não, clica aqui!

Já subscreveste à newsletter do 125Azul para não perderes um artigo? Se ainda não, clica aqui!

 

 

Comments

comments

Comments are closed.