Oslob- Filipinas- E daquela vez que estive roadeado por 7 tubarões baleia?

Sei bem que por esta altura estejam talvez cansados que vos descreva a experiência mais mágica, mais incrível de sempre. Foi assim com os great white shark na África do Sul, com as Mantas Gigantes em Moçambique, ou com as tartarugas em Apo Island, nas Filipinas.

 

Mas se me permitem usar esta cartada uma última vez, deixem-me falar daquela vez em que estive rodeado por 7 Tubarões Baleia nas Filipinas. Sim, leram bem, sete! E sim, parece uma história de caçadores, mas contiuem a ler, há provas materiais.

 

Este bichinho incrível é uma das mais fantásticas criaturas do mundo aquático. Para muitos mergulhadores, ver um destes é um sonho tornado realidade. Tive a sorte de logo após ter começado a mergulhar ter visto um, ao largo de Kho Tao na Tailândia. Uns dias depois, na Malásia, um instrutor de mergulho veio meter-se comigo na brincadeira : ” És tu  o tipo que mergulhou 5 vezes e já viu um Whale Shark?”…Foi aí que percebi a  raridade de ver um bichinho destes, e como é um experiência procurada por todos os mergulhadores.

 

Quando estivémos nas Filipinas e ouvimos falar da oportunidade de ir nadar com tubarões baleias, não um mas com um cardume deles (manada? bando?), soube que era uma experiência que não podíamos perder, especialmente porque a probabilidade de os ver é de 99%. Como assim, estão em cativeiro?! Bom, não, mas quando alimentamos todos os dias um grupo de baleias desde tenra idade é normal que eles tomem maus (ou bons hábitos). Os tubarões baleia aproximam-se da costa todos os dias de manhã, e ficam por ali, a comer o plâncton que os funcionários do centro das baleias lhes dão das suas pequenas pirogas, enquanto os turistas vão e vêm, tendo direito a 20 minutos dentro de água para fazer snorkeling. (é também possível mergulhar, mas a um preço exorbitante, e sinceramente a experiência não é tão boa porque os tubarões estão à superfície, para comer dos barcos!).

Claro que esta experiência não é tão autêntica como ver um tubarão baleia no mar alto! Mas, posso dizer que é muito mais mágica, porque eles estão por todo o  lado, temos quase a impressão que nos vão passar por cima, mas ao último momento passam ao lado graciosamente! A nível de sustentabilidade/ecologia/responsabilidade ambiental, talvez seja uma situação intermédia entre um aquário e a total liberdade…se bem que não hajam quaisquer redes ou barcos a limitar os movimentos dos tubarões. Simplesmente escolhem ir ali todas as manhãs, ainda que rodeados de dezenas de turistas. ( e digamos que os tubarões são tão incríveis que não nos importamos estar a partilhar o momento com mais algumas pessoas- (na altura em que fui, época baixa o número de turistas era aceitável…não sei como é noutros meses…) Antes de entrarem na água, todos os turistas têm que ouvir uma palestra de 5 minutos com as regras de como interagir com os tubarões baleia. Ou melhor, de como não interagir (não tocar, não usar protector solar….)

 

Bom, como já é costume, fica aqui o vídeo para que possam apreciar o mais perto possível da realidade o momento:

 

 

Detalhes práticos:

 

- A melhor maneira de aqui vir é apanhar um autocarro de Cebu, do South Bus Terminal, por cerca de 155 Pesos. A viagem demora cerca de 2-3 horas, por isso têm que apanhar o autocarro super cedo, para poderem estar lá ainda ao início da manhã.  Também há barcos que oferecem este serviço de Bohol (atenção viagem longa e super desconfortável)
- O custo por pessoa é 1000 Pesos (cerca de 20 euros). Mergulhar penso que é 2000.
- Como enquadrar num itinerário: Oslob fica a sul de Cebu. Podem vir a Oslob de manhã e continuar para a ilha de Negros, para passarem 2 dias em Apo, para nadar com as Tartarugas. Altamente recomendado! Ou depois de visitarem Oslob, em vês de regressarem a Cebu directamente, apanham um barquinho de Bohol para aqui e depois continuem para Cebu.

 

Onde ficámos alojados:

 

Ficámos em Cebu no Eloysa Royal Suites, super conveniente porque chegámos num voo tarde de Manila, e ficava mesmo ao pé do Aeroporto, oferecendo serviço de Pick Up do Aeroporto. O hotel é super moderno, com uma decoração agradável  e bem localizado ao lado dum centro comercial, ideal para uma refeição rápida. Cebu em si não tem grande coisa para ver, mas é porta de entrada para toda a região das Ilhas Visayas (Bohol, negros, Siquijor…)Interessante a ver é o monumento ao chefe Índio Lapu Lapu, responsável pela morte de Fernão Magalhães durante a primeira circun-navegação do Mundo! (sim, foi aqui!)

 

ELOUISA 1

 

ELOUISA 3

***********************************

Já nos segues no Facebook, para seguires passo a passo a nossa volta ao mundo? Se ainda não, clica aqui!

Já nos segues no Instagram, para veres as nossas melhores fotos?  Se ainda não, clica aqui!

Já subscreveste à newsletter do 125Azul para não perderes um artigo? Se ainda não, clica aqui!

Comments

comments

Comments are closed.