Fish River Canyon- Bem vindos ao 2º Maior Desfiladeiro do Mundo!

 

Depois de dois dias inteiros a conduzir desde Cape Town, com um precalço pelo meio, finamente iríamos chegar ao nosso primeiro destino na Namíbia, o Fish River Canyon, não muito longe da fronteira Sul Africana (longe e perto, curto e longo, são conceitos relativos como sabem. Na extensão da paisagem árida da Namíbia, 2 horas num estrada de terra batida é perto. 2 horas numa estrada alcatroada, com umas bombas de gasolina pelo meio, é já ali!).

 

O Fish River Canyon, ou em bom português o Desfiladeiro do Rio Peixe é uma das atrações obrigatórias para quem venha à Namíbia. É o maior desfiladeiro de África e do Hemisfério Sul, e a nível mundial fica apenas atrás do Famoso Grand Canyon. Estende-se ao longo de 161km. Há secções em que tem de largura 27km, e os seus prepícios podem chegar até 550m de altura! Mas incrivelmente a maior parte das viagens organizadas não visitam este sítio, por ser tão para Sul da capital Windhoek, o ponto de partida da maioria dos turistas, e um grande desvio do Circuito Clássico do Parque Etosha- Skeleton Coast- Sossuvlei .

A noite anterior tinha já sido passada na extremidade sul do desfiladeiro, no parque de campismo de Ai Ais. Não sabíamos ainda mas seria o melhor parque onde ficámos por toda a Namíbia, não só pela qualidade dos equipamentos (ponto de electricidade, luz e tomada eléctrica para cada carro, para além duma piscina), mas acima de tudo pelo cenário, rodeado dos montes rochososos, como se um mini desfiladeiro se tratasse. Ai Ais é acima de tudo o sítio onde o mítico caminho de 5 dias através do Fish River Canyon termina. Vimos vário grupos de pessoas a descansar, sujos, barbudos e exaustos, depois de 5 dias a dormir ao ar livre, dentro do desfiladeiro, mas com um ar de satisfação incrível. Garantiram-nos que foi das melhores experiências que já tiveram! Certamente algo a fazer para quem possa passar muitos dias da Namíbia (Apesar de estarmos a dar um volta ao mundo durante um ano, neste caso estávamos limitados a nível de tempo porque tínhamos alugado o nosso jipe com tendas durante um período de apenas 15 dias).

 

A partir do momento que se entra na Namíbia, ao atravessar o rio Orange, as paisagens, como por encanto tornam-se mágicas. Talvez fosse apenas a vontade de verdadeiramente amar este país depois de tantas horas a atravessar a África do Sul. Ou talvez seja mesmo verdade. Vejam por vocês:

DSC_0481

DSC_0465

DSC_0458

DSC_0453

DSC_0419

 

Apesar de Ai Ais estar numa das pontas do desfiladeiro, é preciso ir a Hobas onde estão os pontos de observação sobre o Canyon. É também aí o início da caminhada da 5 dias, que precisa uma licença especial, com um número limitado de pessoas por dia, já que toda a área é um Parque Natural, com um ecosistema protegido. É ainda possível fazer uma caminha de um dia inteiro, de 10 horas, com um guia privado, que normalmente é reservado num dos Lodges da região. A fazer durante o Inverno Namíbiano, porque no Verão fará calor demais!

Para quem está com tempo limitado (como era o nosso caso) ou quem não se sente nas condições físicas e psicológicas para tal caminhada (um pouco também o nosso caso, confesso!), a visita do canyon de carro demora cerca de 1 ou 2 horas, consoante o tempo que se queira andar à beira dos precipícios que rodeiam a falésia. As vistas por si só são impressionantes! Posso imaginar que lá de baixo, a imensidão e grandeza do desfiladeiro seja ainda mais avassaladora! Fica para a próxima visita! Deixo-vos as fotos que espero que consigam transmitir a vastidão do local e a sensação incrível que nos transmitiu:

 

DSC_0532

DSC_0533

DSC_0534

DSC_0535

DSC_0552

DSC_0557

DSC_0614

DSC_0615

DSC_0616

DSC_0617

DSC_0618

DSC_0619

DSC_0629

DSC_0632

DSC_0644

DSC_0661

DSC_0645 DSC_0712

Comments

comments

Comments are closed.