A caminho da Barreira de Coral- Rainbow Beach e Bundaberg

 

Após a nossa visita ao Mary Valley, continuámos para norte, ao longo da costa de Quensland, em direção à Grande Barreira de Coral.

Há vários pontos de interesse ao longo deste caminho. Desde logo há Noosa, uma estância balnear bastante elegante (mas descontraída, à boa maneira Australiana). A praia é muito boa, com um longo areal se bem que nadar só mesmo na zona vigiada. Foi aqui que aprendemos essa liçāo quando de repente uma sirene disparou e os salva vidas entraram em modo de pânico a tirar as pessoas da água e a lançarem barcos e motas de água ao mar. A palavra shark espalhou-se pela praia como um rastilho de pólvora. Passado alguns minutos um helicópetro juntou-se à festa.Estes australianos não brincam em serviço! Mais uma meia hora se passou antes que o alerta fosse levantado. Mais um dia como os outros nas praias Australianas! ( passados alguns dias dois surfistas foram mortos em ataques com tubaroes mais a sul, m Byron Bay, uma praia onde também estivémos!) Em Noosa há ainda um parque Natural, com floresta mesmo à beira mar, para além dum mercado de fim de semana em Eumundi que vale muito a pena!

 

DSC_0120

 

DSC_0112

 

A paragem seguida foi Rainbow Beach, um sítio de interesse por duas razões:
– a primeira é ser um ponto de partida para as expedições em todo o terreno à Fraser Island, apelidadq  a maior ilha de areia deserta do Mundo. Ao que parece é uma experiência incrível atravessar as longas praias de areia num jeep a fundo, antes de entrar pelo interior, coberto de vegetação tão densa quanto virgem! Não fizémos esta viagem porque 1) um dia de viagem custa à volta de 150€ por pessoa- (bye bye budget!) e 2) as trilhas no interior são super agrestes e como sabem as minhas costas não andam para grandes aventuras neste momento!

DSC_0180

Fraser Island com a barca que transporta os jeeps- tao longe e tao perto!

– A segunda é a uma duna de Areia Gigante, Carlo’s Dune, que desce, suavemente em primeiro e depois a pique até à praia cá em baixo. É uma paisagem brutal e a nossa favorita em Queensland. A não perder! Para os amantes de Parapente e Asa Delta, é também um grande spot.

 

DSC_0173

 

DSC_0151

 

Depois de Rainvow Beach segue-se Bundaberg, uma cidadezinha de tamanho médio conhecida essencialmente por duas coisas: Rum e tartarugas.

A parte do Rum começa-se a ver logo a chegada com campos e campos cultivados com cana de açucar. Ha uma famosa distilaria com visitas guiadas, mas infelizmente tivemos de passar ao lado devido ao preço excessivo. ( Infelizmente a Australia, para quem viaja com os tostoes contados é assim! Paga-se o transporte, alojamento e alimentaçao, uma ou duas atraçoes turisticas e o resto tem de se passar ao lado! A voltar daqui a 20 anos quando formos ricos!)

A parte das tartarugas é menos visivel, e é só mesmo à noite que se pode visitar na Reserva de Mont Repos. Tem de se reservar com antecedencia via internet ou telefone , e custou 25 dolares Australianos os 2, um preço super em conta na Austrália.

A experiência é incrível. Consoante a época do ano pode-se ver ou tartarugas gigantes a pôr os ovos, cobri-los e voltar para o mar, ou ver as tartaruguinhas a sair da areia, onde os ovos ficaram enterrados e a correràs dezenas para o mar! Como estávamos numa época de transição tivemos sorte e acabámos por ver os 2! Uma tartaruga que por ter vindo de longe ( América do Sul!) chegou mais tarde que as outras mas mesmo assim pôs os seus ovos, rodeada por uma equipa de investigadores e de turistas, assim como um pequeno grupo de tartarugas que saiu da areia e fez o seu caminho até à água.

É uma experiência que se estende um pouco pela noite a dentro, mas vale mesmo a pena! Saímos de lá com aquela sensação de ter experienciado o milagre da Natureza! ( dicas práticas: trazer creme anti mosquitos, picnic e algo para ler. Cada grupo de vistantes tem que esperar por tempo indeterminado até os rangers do parque encontarem uma tartaruga a pôr ovos ou tartaruguinhas a sair da casca!)

 

DSC_0216

 

DSC_0235

Onde ficámos

Bundaberg é um bom ponto de paragem entre Noosa e Agnes Waters (ponto de partida para a Barreira de Coral), e vale a pena passar aqui a noite para poder ver as tartarugas de Mont Repos. Ficámos no Chalet Motor Inn , um motel à Americana, onde estacionamos o carro à frente da porta do nosso quarto. É o motel clássico, práctico e funcional, como a maioria do alojamento que se encontra pela Austrália. Super limpo e com uma piscininha para quem quer dar um mergulho ao fim dum dia de Road Trip, no centro de Bundaberg com todos os restaurantes e supermercados ao pé.  O dono, o Anthony, um tipo novo que esteve no exército no Afeganistão e trabalhou nas minas australianas antes de abrir o motel é um  porreiro!

 

DSC_0196

 

DSC_0191

 

 

DSC_0200

 

Declaração de interesses: Ficámos no Chalet Motor Inn a convite do Anthony. Como sempre as opiniões aqui descritas são as nossas.

Comments

comments

Comments are closed.