9 Coisas a ver (ou não) em Colombo

To Colombo or not to Colombo, eis a questão. A capital do Sri Lanka é sem dúvida o patinho feio dos turistas, e para muitos é um sítio a evitar.

Depois de termos passado um dia e meio por lá, qual é o nosso conselho? Para quem vem com o tempo contado, passar um dia inteiro em Colombo (e uma noite) talvez seja um desperdício. Porém, acho que é uma pena vir ao Sri Lanka e nem sequer passar pela Capital e ao menos ter uma opinião própria acerca se vale a pena ou não.  É daquelas típicas mega cidades Asiáticas caóticas e poluídas onde milhões de pessoas vivem sem qualquer tipo de planeamento urbano! Não é um sítio turístico em si, mas é importante para compreender o tipo de cidades que existem neste mundo.

Na minha (humilde) opinião, penso que um meio dia bem carregado para ver os spots principais chega. Acho que a melhor maneira de ver Colombo em modo express é arranjar um dos tuc tucs que andam na zona do Fort (que não é um Forte, mas o nome do bairro antigo) a propor um trajecto de duas horas a cobrir os principais pontos turistícos. Dez dolares. Nós não o fizémos porque já tínhamos visitado algumas coisas por nós próprios e tínhamos outros planos, mas aconselharia esta opção.

Se possível encaixem um bom meio dia para visitar a cidade assim que chegarem, (se tiverem que apanhar o comboio para Kandy por exemplo, ou a caminho de Galle) ou antes de partirem, vindos de Galle.

Deixo-vos aqui as 10 coisas que mais gostámos na nossa visita a Colombo. (Nota: as primeiras 5 fazem-se bem a pé. Para as últimas há que apanhar um tuc tuc- peçam sempre com o contador ligado!)

 

1) Passear pela zona antiga de Colombo (Forte)

144122463.qkwMPFeF.ColomboApr12107

 

2) Mercado de Pettah

 

colombo_streets_pettah_markets_sri_lanka

 

3) Dar uma Espreitada na Mesquita ao pé do Mercado de Pettah

 

800px-Jami-Ul-Alfar_Mosque_Pettah1

4) Voltar aos tempos coloniais no bar do Hotel Galle Face

 

galle face

 

 

5) Passear no Galle Green ao pôr do sol e observar os locais

 

galle green

 

6) Almoçar e comprar souvenirs no BareFoot

 

barefoot

 

7) Comprar Souvenirs na loja governamental Laksala

 

laksala

 

8) Ir ao The Gallery Cafe  ver onde se movimentam os ricos e os expats do Sri Lanka (recomendo o black pork curry!)

 

gallery cafe

 

 

9) Comprar quadros a preços interessantes no parque Viharamahadevi.

 

yimg_Nnj8fN-640x426

 

Onde dormimos em Colombo

Em Colombo ficámos na Vila Ivy Crest, um sítio com uma decoração muito sui generis, num misto de inspiração nórdica com sri lankesa, ou melhor, modern rustic, assim descrito pela gerência. Fica na parte nova da cidade, Capital City, perto do novo parlamento, a cerca de 20/30 minutos do centro “antigo” se assim se pode dizer. É um pequeno oásis de calma, com apenas três quartos no meio da balbúrdia de Colombo e apesar de só termos aqui ficado um dia, ficámos com vontade de ficar mais algum tempo, para poder fazer uma das aulas de cozinha que organizam, ou mesmo uma tour em bicicleta designada de Urban Forestry Tour, numa das zonas com mais biodiversidade do Sri Lanka, mesmo às portas de Colombo! Pequeno almoço srilanquês com hoppers delicioso! Se estão dispostos a trocar um pouco a localização central por um sítio com uma boa vibe e super acolhimento, não hesitem!

 

DSC_0896

DSC_0916

DSC_0907

DSC_0936

Já estiveram em Colombo? Como foi a experiência? Recomendam? 

 

(Nota: ficámos na Vila Ivy Crest a convite da gerência- como sempre as opiniões aqui descritas são independentes e nossas.)

 

Comments

comments

Comments are closed.